Boldo (Peumus boldus)

 

Peumus boldos é uma planta utilizada na medicina tradicional, pelas suas propriedades terapêuticas.

Pertence à família Monimiaceae, com predominância no Chile. É vulgarmente conhecida como Boldo.

 

Estão descritas para esta planta ações benéficas para a saúde, designadamente ao nível do aparelho digestivo e do fígado.

É nas folhas de Peumus boldos que se encontram os compostos ativos com ações farmacológicas mais importantes. Apresenta um elevado conteúdo em alcalóides e flavonóides, destacando-se a boldina e as catequinas, respetivamente. [1]

 

Segundo vários estudos clínicos, Peumus boldos é particularmente útil no tratamento de doenças hepáticas. Está indicada no tratamento de afeções do fígado e da vesícula. [1, 2]

 

Esta planta é, portanto, eficaz nos casos de insuficiência hepática, congestão do fígado, hepatite e na existência de litíase biliar (presença de cálculos ou "pedras" na vesícula biliar).

Exerce um efeito colerético, isto é, aumenta a secreção de sais biliares pela vesícula. Tem, também, uma ação colagoga, uma vez que aumenta a libertação de bílis para o intestino. Isto contribui para a melhoria da digestão, especialmente das gorduras. [1]

 

Peumus boldus exerce, assim, uma atividade protetora do fígado e da vesícula biliar, proporcionando o bom funcionamento e o fortalecimento de ambos e a prevenção de doenças nos mesmos. [3]

 

É, ainda, uma planta com ação benéfica no processo digestivo. Auxilia a digestão, melhora a flatulência (libertação de gases intestinais), reduz as cólicas abdominais e previne a obstipação. [1]

 

Estudos clínicos mais recentes têm vindo a demonstrar uma grande capacidade antioxidante desta planta, tornando-a interessante para o combate de uma diversidade de patologias. [1, 2]

A utilização de antioxidantes, nomeadamente a boldina, tem-se revelado muito benéfica para a saúde, pois sabe-se que o stress oxidativo (presença de radicais livres em excesso) está presente em inúmeras doenças. [2, 3]

 

A boldina possui uma forte capacidade antioxidante e anti-inflamatória. Pode ser útil nos casos de aterosclerose porque reduz a oxidação das LDL ("Low Density Lipoproteins"), moléculas transportadoras do "mau colesterol". [2]

 

Peumus boldus tem, também, uma ação diurética, antibacteriana e antidiabética.

 

Referências:

[1] Schmeda-Hirschmann G., et al. Free-radical scavengers and antioxidants from Peumus boldus Mol. ("Boldo"). Free Radic Res. 2003; 37 (4): 447-452.

[2] O'Brien P., Carrasco-Pozo C., Speisky H. Boldine and its antioxidant or health-promoting properties. Chem Biol Interact. 2006; 159 (1): 1-17.

[3] Speisky H., Cassels B. Boldo and boldine: an emerging case of natural drug development. Pharmacol Res. 1994, 29 (1): 1-12.

 

Clique e veja o(s) produto(s) que contém: